A depressão do profeta Elias

        

caverna

A DEPRESSÃO DE ELIAS

Em 1 Reis 19.1-18, nos é deparado um curioso episódio da vida do profeta Elias. Ele tinha acabado de derrotar os sacerdotes de Baal. Entrementes, a mulher do rei Acabe, Jezabel, ameaçou-o de morte. Elias se acobarda e amedrontado, foge. Caminha 460 km, de Jezreel ao monte Horebe e passa uma das mais profundas e infelizes experiências de depressão: “… disse: Basta; toma agora, ó Senhor, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais” (1 Reis 19.4). Elias não era um super-crente nem um super-homem. Era um homem semelhante a nós, sujeito a mesma comiseração, fraqueza e medo que a gente: “Elias era tão humano quanto nós, e, entretanto, quando orou fervorosamente para que não chovesse, não choveu durante três anos e meio” (Tiago 5.17, Nova Bíblia Viva).

Elias não era somente um profeta, mas também uma profecia que ensina e educa. Tiago diz que Elias era homem de paixões como as nossas: “Elias era homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos…” (Tiago 5.17, Almeida Revista e Atualizada).

A Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH) e Almeida Revista e Corrigida (ARC) são interessantes ao dizer, respectivamente, que Elias “era ser humano como nós”; “era homem sujeito às mesmas paixões que nós”. Tudo isto inclui a “depressão”. Após a estupenda vitória no cume do Carmelo, Elias desceu ao vale mais profundo da depressão.

Consideremos a depressão de Elias:

  1. As Causas da Depressão de Elias:

a)      Cansaço físico: O profeta Elias estava muito fatigado com a agitação do Carmelo: “A mão do SENHOR veio sobre Elias, o qual cingiu os lombos e correu adiante de Acabe, até à entrada de Jezreel” (1 Reis 18.46). O abuso e excesso de trabalho acendem e provocam estresse.

b) Ausência de simpatia: “… eu fiquei só…” (1 Reis 19.14). A carência de fascínio é uma forte origem para alguém entrar em depressão. Viver só, ter como companheira a meditação, sentir a falta de amigos e apoio é sinal de abatimento. Tudo isso aconteceu com o profeta de Deus, de maneira que passou a aumentar a autocomiseração e complexo de perseguição.

c) Falta de ocupação: Sentir-se inútil, é principiar uma grande desgraça. Enquanto Elias estava atuando como profeta, ia tudo bem, mas quando pensou que não tinha mais nada para fazer, pois imaginava que a idolatria de Israel chegara ao fim ao ver a desmoralização pública de Baal e a morte dos seus 450 profetas, idealizou que seu ofício completara.

d) Decepção e desapontamento em suas esperanças de vitória: Os profetas de Baal foram mortos, o Deus de Israel foi reconhecido a uma só voz e a falsa adoração foi derrubada. O escopo de Elias foi quase realizado. A não ser, a falta de visão de que tinha derrotado e que precisava somente passar momentos a sós com Deus.

Resumindo, Elias olhou para as circunstâncias em vez de olhar para Deus: “Então, Jezabel mandou um mensageiro a Elias a dizer-lhe: Façam-me os deuses como lhes prouver se amanhã a estas horas não fizer eu à tua vida como fizeste a cada um deles”.

“Temendo, pois, Elias, levantou-se, e, para salvar sua vida, se foi, e chegou a Berseba, que pertence a Judá; e ali deixou o seu moço” (1 Reis 19.2,3). Ele se afastou das pessoas mais próximas na hora em que mais precisou delas: “… e ali deixou o seu moço” (1 Reis 19.3b). A autocomiseração mascarou a visão dele sobre a vida: “Ele mesmo, porém, se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio, e se assentou debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte e disse: Basta; toma agora, ó SENHOR, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais”. Ali, entrou numa caverna, onde passou a noite; e eis que lhe veio a palavra do SENHOR e lhe disse: Que fazes aqui, Elias? (1 Reis 19.4,9). Portanto, teve colapso emocional: “Deitou-se e dormiu debaixo do zimbro; eis que um anjo o tocou e lhe disse: Levanta-te e come” (1 Reis 19.5).

2. A cura da depressão de Elias:

a) Suas necessidades físicas foram supridas: O melhor alívio para a depressão é o descanso, alimentação equilibrada, repouso suficiente e atividade física. No caso de Elias, Deus lhe reúne forças. Permite-lhe repouso (sono) e alimento, tudo isso de modo milagroso (conferir 1 Reis 19.4-12). Coisas estas que contribuem para a cura do depressivo. Dessa vez o Senhor fala com Elias através de uma brisa suave, pois ele estava tão tenso, que possivelmente ficaria sobressaltado se Deus lhe falasse em meio ao forte vento, ou ao terremoto, ou ao fogo.

b) Seu ambiente (atmosfera) é mudado: Existem ambientes que são depressivos e outros que ajudam a vencer a depressão. Andando sem parar, Elias chegou ao Monte Horebe: “Levantou-se, pois, comeu e bebeu; e, com a força daquela comida, caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus” (1 Reis 19.8).

c) Seus medos são desfeitos: O deprimido costuma achar que seu caso é único e o mais grave de todos. Aqui, Deus mostra que Elias não era o único a sofrer perseguição, nem o derradeiro fiel. Havia mais sete mil: “Também conservei em Israel sete mil, todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda boca que o não beijou” (1 Reis 19.18), (confira 1 Reis 19.13-14).

d) Ele se desabafa: Muitas vezes o maior e mais imediato alívio para o depressivo é o desabafo. Portanto, Deus permite que o profeta desabafe o seu pesar: “Ele respondeu: Tenho sido zeloso pelo SENHOR, Deus dos exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada; e eu fique só, e procuram tirar-me a vida” (1 Reis 19.10).

e) Sente o valor da vida: “… Que fazes aqui, Elias?” (1 Reis 19.9). Elias estava agindo de maneira lamentadora. Deus o desafia a despertar e sair do comodismo.

f) Foi-lhe dado trabalho para fazer: Auxiliar na necessidade de outras pessoas é um remédio para a exagerada e descomunal preocupação consigo mesmo: “Disse-lhe o SENHOR: Vai, volta ao teu caminho para o deserto de Damasco e, chegando lá, unge a Hazael rei sobre a Síria” (1 Reis 19.15).

g) Deus é Soberano sobre a circunstância: Jezabel não era nada, coisa nenhuma, perto do Deus a quem o profeta servia. Elias é encarregado de ungir novos monarcas e um novo profeta e Deus ameaça Acabe e Jezabel (1 Reis 21.17-29). Tudo isso significa Deus mostrando-Se Soberano e Senhor da situação.

h) Sua visão de Deus é restabelecida: Elias precisava renovar a sua visão de Deus (1 Reis 19.11-12). Deste modo, Deus se revela a Elias através de fenômenos naturais.

É importante dizer que a depressão de Elias não se configura num quadro crônico, mas num estado depressivo.

Com este episódio da vida de Elias, entendemos que o mais forte e mais santo fiel sobre a Terra está sujeito a momentos de desânimo e depressão. Contudo, com ajuda Daquele que sonda os nossos corações e que conhece todos os nossos pensamentos, é possível livrar-se do desalento e desânimo.

Resumindo, Deus tratou a depressão de Elias da seguinte forma: devido a pessoa deprimida não conseguir desligar sua mente, Deus usou para com o profeta Elias:

a)      A “sonoterapia”: “Deitou-se e dormiu debaixo do zimbro; eis que um anjo o tocou e lhe disse: Levanta-te e come” (1 Reis 19.5);

b)      A boa alimentação: “Olhou ele e viu, junto à cabeceira, um pão cozido sobre pedras em brasa e uma botija de água. Comeu, bebeu e tornou a dormir” (1 Reis 19.6);

c)      Permitiu ao profeta o desabafo: “Ele respondeu: Tenho sido zeloso pelo SENHOR, Deus dos exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derribaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada; e eu fique só, e procuram tirar-me a vida” (1 Reis 19.10).

d)     Mostrou-lhe uma nova perspectiva do futuro (conferir 1 Reis 19.15-21).

Rev. Luciano Paes Landim.

depressão

Clique para ler ou Baixar

Anúncios

Obrigado pela visita, volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s