O profeta Joel

 FLAG SPAINFLAG RUSSIANFLAG USAFLAG FRANCEFLAG GREECEFLAG GERMANYFLAG KOREANFLAG JAPANFLAG ITALYFLAG ISRAELFLAG CHINAFLAG INDIA

O Nome e a História Pessoal do Autor. O autor é intitulado “Joel, filho de Petuel” (1:1). O nome hebraico Yô’el (LXX; Ioél, Vulg.) significa “Yahweh (ou Jeová) é Deus”. Por isso, tal como o nome Miquéias, pode indicar uma confissão de fé da parte dos pais da criança.

A história pessoal de Joel está limitada ao que foi sugerido pela própria profecia. Embora mais outras treze pessoas do Velho Testamento tenham o nome de Joel, o profeta não pode ser identificado com nenhuma delas. Sua mensagem se relaciona principalmente com Jerusalém e Judá. Suas referências à terra e à cidade sugerem que ele foi cidadão da Palestina meridional e provavelmente habitante de Jerusalém (Veja “Sião, 2:1, 15, 32; 3:16, 17, 21; os “filhos de Sião”, 2:23 ; “Judá” e “Jerusalém”, 2:32; 3:1, 16, 17, 18, 20; os “filhos de Judá” e Jerusalém, 3:6, 8, 19). Ele demonstra um conhecimento completo do Templo, seus cultos e pessoal (por exemplo, 1:9, 13, 14,16; 2:14,17). Contudo, sua correção dos sacerdotes parece indicar que não era membro dessa classe.

Data. Até agora os mestres não têm sido capazes de chegar a um acordo sobre a data do livro de Joel. Entretanto, das várias datas propostas, há duas sugestões principais : 1) Uma data precoce, durante o reinado de Joás (ou Jeoás) em Judá, em cerca de 830 A.C. 2) Uma data pós-exílica, em cerca de 400 A.C. – durante o período persa. Há alguns argumentos lógicos que apóiam esta data tardia. De um lado, não há referência no versículo-título (1:1) a um rei regente, como em outros profetas pré-exílicos. Também não se menciona o Reino do Norte (Samaria), portanto evidentemente devia estar há muito extinto. Joel usa a palavra Israel em se tratando de Judá, o que nenhum profeta pré-exílico teria feito. O termo só era usado em relação às dez tribos do norte antes de 722 A.C. (a queda de Samaria). Os sacerdotes, não os nobres ou reis, foram os líderes da sociedade pós-exílica. A referência aos gregos em 3:6 (jônios) indica um período quando os judeus estavam em contato com eles. Também os versículos 1, 2, 17 de Joel 3 indicam que o cativeiro já tinha acontecido.

Por outro lado, os argumentos que defendem uma data pré-exílica também são fortes. O destaque dado aos sacerdotes e a ausência da nobreza deve-se ao fato de que Joiada, o sumo-sacerdote, reinava em lugar de Joás, o rei infante. O argumento do silêncio (veja observação sobre Samaria acima) não tem peso, pois o autor não estava principalmente preocupado com os acontecimentos do Reino do Norte. O termo Israel podia ser apropriadamente usado com referência a Judá na qualidade de herdeiro legítimo das bênçãos espirituais de Jacó. Intercâmbio entre os gregos e Tiro poderia ter ocorrido em data precoce, pois a Grécia não foi mencionada como uma nação. A palavra hebraica Yawun (= jônio) poderia referir-se a um grupo de bandos isolados de mercadores de escravos de um país distante. Em Joel 3 não há nenhuma descrição que se encaixe no período pré-exílico. Joel 3-4-6 refere-se aos mesmos acontecimentos descritos no livro de Obadias. Os inimigos mencionados não são os países do Exílio (Assíria, Babilônia e Samaria), mas países pré-exílicos (Fenícia e Filístia; com. II Cr. 21:16, 17).

Autoria. O livro de Joel tem sido tradicionalmente aceito como a obra de um só autor. Contudo, em 1870 aproximadamente, M. Vernes sugeriu que 2:28 – 3:21 (na Bíblia Hebraica, caps. 3 e 4) não foram escritos pelo autor de 1:2 – 2:27 (na Bíblia Hebraica, 1:1 – 2:18). Mais tarde, ele modificou seu ponto de vista e admitiu que o mesmo autor escreveu as duas seções; contudo, ele ainda afirmava que diferenças marcantes existiam entre ambas as seções. Outras tentativas menores também foram feitas para provar que o livro não é uma unidade literária. Nowack, Marti e outros que tiveram sucesso em contestar a validade desta escola de pensamento defendem que Joel é uma unidade. O ponto de vista da alta crítica geralmente aceito hoje em dia é que Joel é o autor responsável pelo livro, masque modificações posteriores, expansões e interpolações podem ter ocorrido através dos séculos de transmissão das Escrituras.

Estilo. O estilo de Joel é clássico, fazendo lembrar o de Amós e Miquéias. Se Joel tomou emprestado abundantemente dos profetas que o precederam, ou se ele foi o poço do qual estes beberam, não podemos determinar com certeza; mas a afinidade literária é forte. Compare Joel 3:18 com Amós 9:13; Joel 1:4 com Amós 4:9; Joel 2:11 com Sf. 1:14, 15; Joel 2:3 com Ez. 36:35 e Is. 51:3; Joel 2:11 com Mi. 3:2; Joel 3:10 com Is. 2:4.

Ocasião. A ocasião imediata para a criação do livro foi a devastação da terra por uma praga dupla de locustas e uma seca. Em estilo poético de rara elegância e força, o profeta descreve a invasão das locustas na figura de um exército, sugerindo que elas são precursores do ”Dia do Senhor”. Ele convoca todas as categorias sociais ao arrependimento, e files promete que se todos preencherem os requisitos de obediência a Deus, a terra será restaurada à sua antiga fertilidade. Também o Espírito de Deus será derramado sobre toda a carne, o povo da afiança triunfará finalmente sobre todos os seus inimigos, e haverá uma era de santidade e paz universal.

Ensinamentos. Que “o Dia do Senhor” está para vir é o ensino central do livro o dia quando o Senhor se manifestar pessoalmente na destruição dos seus inimigos e na exaltação dos seus amigos. Esse dia será acompanhado de grandes convulsões da terra e exibição de extraordinários fenômenos da natureza (2:30, 31). A atitude do coração e da vida do homem diante do Senhor será o fator que determinará sua reação naquele dia. Será um dia de terror para o pecador (1:15; 2:11) e um dia de bênçãos para os santos (2:12-14, 19-29). Aqueles que invocarem o nome do Senhor serão salvos, mas os inimigos do seu povo serão aniquilados.

COMENTARIO BÍBLICO DE JOEL POR MOODY: CLIQUE AQUI

Citações e paralelos do livro em toda bíblia

Joel Antigo Testamento Novo Testamento
1:06 e 2:2-10 Apocalipse 9:3, 7-9
01:15 Isaías 13:06
Ezequiel 30:2-3
02:01 Sofonias 1:14-16
2:1-2 Amós 5:18, 20
02:11 Malaquias 3:02
02:27 Isaías 45:5
Ezequiel 36:11
2:28-32 Atos 2:16-21
02:31 Malaquias 4:5
02:32 Obadias 17 Romanos 10:13
03:10 Isaías 2:4
Miquéias 4:3
03:16 Amós 1:02
03:17 Obadias 17
03:18 Amós 9:13
Anúncios

Obrigado pela visita, volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s