Vídeo

Metodologia cientifica

FLAG SPAINFLAG RUSSIANFLAG USAFLAG FRANCEFLAG GREECEFLAG GERMANYFLAG KOREANFLAG JAPANFLAG ITALYFLAG ISRAELFLAG CHINAFLAG INDIA

DEFINIÇÃO: A pesquisa é um procedimento reflexivo sistemático, controlado e crítico, que permite descobrir novos fatos ou dados, relações ou leis, em qualquer campo do conhecimento É um trabalho de produção de conhecimento sistemático, não meramente repetitivo mas produtivo, que faz avançar a área de conhecimento a qual se dedica.

METODOLOGIA DA PESQUISA

RESENHA X RESUMO
A diferença entre resumo e resenha é muito pouca.
Uma resenha deve ser feita com base em algo que você leu, podendo colocar suas opiniões próprias no meio da resenha de forma crítica.

Resumo nada mais é do que uma diminuição de um texto ou de algum assunto abordado, nunca perdendo o foco do assunto principal.

A RESENHA – Como um gênero textual, uma resenha nada mais é do que um texto em forma de síntese que expressa a opinião do autor sobre um determinado fato cultural, que pode ser um livro, um filme, peças teatrais, exposições, shows etc.

O objetivo da resenha é guiar o leitor pelo emaranhado da produção cultural que cresce a cada dia e que tende a confundir até os mais familiarizados com todo esse conteúdo .

Como uma síntese, a resenha deve ir direto ao ponto, mesclando momentos de pura descrição com momentos de crítica direta. O resenhista que conseguir equilibrar perfeitamente esses dois pontos terá escrito a resenha ideal.

No entanto, sendo um gênero necessariamente breve, é perigoso recorrermos ao erro de sermos superficiais demais. Nosso texto precisa mostrar ao leitor as principais características do fato cultural, sejam elas boas ou ruins, mas sem esquecer de argumentar em determinados pontos e nunca usar expressões como “Eu gostei” ou “Eu não gostei”.
Resenha pode ser dividida em três partes, que devem servir de orientação para que se entender o que é uma resenha. A primeira parte está representada pela palavra “apreciação”; a segunda parte é a que concerne ao adjetivo “breve”; e a terceira e última parte diz respeito ao sintagma “de um livro ou de um escrito”.

Aspectos a serem verificados na preparação de uma Resenha:
Apreciação: a resenha tem por finalidade: (a) fazer uma análise, um exame; e (b) emitir um julgamento, uma opinião
Brevidade: O segundo elemento presente na definição é o adjetivo “breve”. A resenha é um texto rápido, pequeno. Você deve fazer a análise e emitir o julgamento em um tempo consideravelmente restrito
Texto: Trata-se de um outro texto, em função de uma obra qualquer. Fazem-se resenhas de textos e obras, e não de temas. Quando um professor pede a você que faça uma resenha de um texto X sobre um tema Y, ele não quer que você faça uma análise e emita uma opinião sobre o tema Y; o que se pede é que você examine e julgue o texto X.

Por tudo o que foi dito, pode-se dizer que resenha é um tipo de texto em que há, simultaneamente, exigências de forma e de conteúdo:
Exigências de conteúdo
Toda resenha deve conter uma síntese, um resumo do texto resenhado, com a apresentação das principais idéias do autor;
b) Toda resenha deve conter uma análise aprofundada de pelo menos um ponto relevante do texto, escolhido pelo resenhista;
c) Toda resenha deve conter um julgamento do texto, feito a partir da análise empreendida no item b).

Exigências de forma
d) resenha deve ser pequena,
e) A resenha é um texto corrido, isto é, não devem ser feitas separações físicas entre as partes da resenha (com a subdivisão do texto em resumo, análise e julgamento, por exemplo);
f) A resenha deve sempre indicar a obra que está sendo resenhada.

Formatação:
folha A4, margens 3,0cm e 2,0cm, direita/esquerda,respectivamente, igualmente 3,0cm e 2 cm, margens superior e inferior; numeração das páginas no centro do topo da página; fonte Times New Roman/ Arial 12, espaçamento entre linhas 1,5 e para os títulos 13 ou 14.
ATENÇÃO numeração das páginas é a direita no canto superior da pag.

Resenha Acadêmica
Uma resenha acadêmica objetiva fundamentalmente responder às questões básicas: quem é o autor, sobre o que trata o livro, como se compara com outros livros do mesmo autor, da mesma área, do mesmo assunto. O texto enquanto exemplar do gênero resenha pode ser considerado híbrido, um misto de descrição, narração e avaliação.
a resenha acadêmica, que apresenta moldes bastante rígidos, responsáveis pela padronização dos textos científicos.

A Resenha acadêmica se subdivide
• Descritiva ou da obra;
• Crítica ou optativa;
• Resenha Temática.

Resenha Descritiva ou da obra é o tipo de resenha mais solicitado nas escolas e universidades. Sua estrutura é basicamente um resumo sobre o conteúdo a ser resenhado, seguido da opinião do autor da resenha
Resenha Crítica são parecidas com resenhas de obras, a grande diferença é que, como o nome já diz, ela tem um caráter mais crítico, há muito mais a opinião do resenhista que qualquer outra coisa. Além disso, resenhas críticas costumam ser ricas em interpretações e conjecturas a respeito do enredo do livro.
Resenha Temática é aquela que fala de vários textos ao mesmo tempo, que tenham assuntos em comum. Basicamente, o objetivo é fazer um paralelo entre suas ideias e expor uma opinião sobre elas.
OBS: Tanto as resenhas descritivas e temáticas são chamadas de científicas ou técnicas.

Na resenha acadêmica crítica, os oito passos a seguir formam um guia ideal para uma produção completa:
1. Identifique a obra: coloque os dados bibliográficos essenciais do livro ou artigo que você vai resenhar;
2. Apresente da obra: situe o leitor descrevendo em poucas linhas todo o conteúdo do texto a ser resenhado;
3. Descreva a estrutura: fale sobre a divisão em capítulos, em seções, sobre o foco narrativo ou até, de forma sutil, o número de páginas do texto completo;
4. Descreva o conteúdo: Aqui sim, utilize 3 a 5 parágrafos para resumir claramente o texto resenhado;

5. Analise de forma crítica: Nessa parte, e apenas nessa parte, você vai dar sua opinião. Argumente baseando-se em teorias de outros autores, fazendo comparações ou até mesmo utilizando-se de explicações que foram dadas em aula. É difícil encontrarmos resenhas que utilizam mais de 3 parágrafos para isso, porém não há um limite estabelecido. Dê asas ao seu senso crítico.
6. Recomende a obra: Você já leu, já resumiu e já deu sua opinião, agora é hora de analisar para quem o texto realmente é útil (se for útil para alguém). Utilize elementos sociais ou pedagógicos, baseie-se na idade, na escolaridade, na renda etc.
7. Identifique o autor: Cuidado! Aqui você fala quem é o autor da obra que foi resenhada e não do autor da resenha (no caso, você). Fale brevemente da vida e de algumas outras obras do escritor ou pesquisador.
8. Assine e identifique-se: Agora sim. No último parágrafo você escreve seu nome e fala algo como “ Curso Livre em Teologia”.

A resenha descritiva consta:
• Identifique a obra: coloque os dados bibliográficos essenciais do livro ou artigo que você vai resenhar;
• Apresente da obra: situe o leitor descrevendo em poucas linhas todo o conteúdo do texto a ser resenhado;
• Descreva a estrutura: fale sobre a divisão em capítulos, em seções, sobre o foco narrativo ou até, de forma sutil, o número de páginas do texto completo;
• Descreva o conteúdo: Aqui sim, utilize 3 a 5 parágrafos para resumir claramente o texto resenhado;
• Recomende a obra: Você já leu, já resumiu e já deu sua opinião, agora é hora de analisar para quem o texto realmente é útil (se for útil para alguém). Utilize elementos sociais ou pedagógicos, baseie-se na idade, na escolaridade, na renda etc.
• Identifique o autor: Cuidado! Aqui você fala quem é o autor da obra que foi resenhada e não do autor da resenha (no caso, você). Fale brevemente da vida e de algumas outras obras do escritor ou pesquisador.
• Assine e identifique-se

A resenha temática é quando se fala de vários textos que tenham um assunto (tema) em comum. Os passos são um pouco mais simples:
1. Apresente o tema: Diga ao leitor qual é o assunto principal dos textos que serão tratados e o motivo por você ter escolhido esse assunto;
2. Resuma os textos: Utilize um parágrafo para cada texto, diga logo no início quem é o autor e explique o que ele diz sobre aquele assunto;
3. Conclua: Você acabou de explicar cada um dos textos, agora é sua vez de opinar e tentar chegar a uma conclusão sobre o tema tratado;
4. Mostre as fontes: Coloque as referências Bibliográficas de cada um dos textos que você usou;
5. Assine e identifique-se

REFERÊNCIAS
• SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 7.ed. São Paulo: Cortez, 2006.
• CERVO, Amado Luiz. Metodologia científica/ Amado Luiz Cervo, Pedro Alcino Bervian, Roberto da Silva. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.162p. (LIVRO-TEXTO)
• Mendes, Maria Tereza Reis. Estruturação e apresentação de trabalhos científicos. Rio de Janeiro, 2007.

Anúncios

Obrigado pela visita, volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s